Tag Archives: portugal

Info+Grafia:blog de narrativas visuais

info+grafia, por Sara Freitas e Renato Silva

 

É um novo blog, em português, criado por dois colegas meus especialistas em infografias e narrativas interactivas. A Sara Freitas e o Renato Silva têm uma vasta experiência de produção no Laboratório de Infografia da Universidade do Porto, com trabalhos publicados em vários sites de informação nacionais, e como formadores na área.

Segundo a Sara, “o blog pretende, por um lado, apresentar algum do trabalho que temos vindo a desenvolver, identificando processos de produção e principais dificuldades na criação das peças, assim como identificar alguns exemplos relativos ao que vai sendo produzido. Além disso funciona como um arquivo de informação a respeito da área da infografia e das narrativas visuais.”

As infografias digitais tem-se tornado cada vez mais comuns, com um aumento no investimento nesta área nas principais redacções no mundo. A Sara explica qual é a importância deste tipo de narrativas no jornalismo online.

Em primeiro lugar a Web é um meio inevitavelmente visual. Logo qualquer tipo de informação tratada ou reforçada visualmente apoia a atenção do utilizador sobre a peça.

Em segundo lugar também é necessário ter em consideração a organização do arquivo digital que é imenso.

Desta forma a visualização de informação impõe-se como um meio de organização do arquivo que permite uma leitura personalizada aos utilizadores desses dados.

A infografia surge assim no jornalismo como uma forma de gerar interpretações de dados em bruto e também como forma de contextualização e rentabilização de elementos numa peça jornalística.

As características e possibilidades multimédia e interactivas proporcionadas pelo ambiente online abrem novos horizontes para se comunicar informação complexa de uma forma mais apelativa e imediata. No entanto, em Portugal a aposta nestas linguagens “ainda não é grande”.

Existem já algumas experiências que vão sendo desenvolvidas mas os processos de produção tradicionais e a falta de formação nestas áreas tem funcionado como uma barreira ao crescimento de conteúdos visuais em Portugal.

Recomendo seguirem o blog do Renato e da Sara para aprenderem alguma coisa sobre o assunto, eu sei que já aprendi muito com eles.

Portuguese deputy doesn’t like the questions and takes reporter’s recorders

click on image to see the video


Ricardo Rodrigues, a Portuguese parliament deputy, was being interviewed by two journalists from Sábado magazine, and after being questioned about its connection (or lack of) to a pedophilia case in Azores and a financial scam – his name was involved in rumours, but was never charged – he decided enough was enough and got up and left the room, taking the journalist’s audio recorders on its way out. Fortunately he forgot about the camera.

The journalists filed a complaint for theft and menace to freedom of press, while the deputy asked for a court order, based on the argument that he was under “unbearable psychological violence” caused by the “harassment and false assumptions” on the part of the journalists. In a press conference he admitted that his actions were “rash”.

Rodrigues is a deputy for the majority party (Portuguese Socialist Party) and was an attorney, being also one of the party’s voices in Justice issues. This is just another in a string of incidents involving the majority party and the press. The Prime Minister has been accused of meddling in the management of a private station, a matter that is currently under investigation by a hearing commission.

%CODE1%

Portuguese public television report

Call for papers

The ObCiber – Observatório do Ciberjornalismo (Observatory of Cyberjournalism) invites submissions for its II International Congress on Cyberjournalism – December 09-10, 2010 – in the University of Porto, Portugal, under the general themes of “Business models to journalism on the Internet” and “Social networks and cyberjournalism”.


Paper proposal – either in Portuguese, Spanish or English – should be sent to obciber@gmail.com. The 500 words abstract should include the topic and its relevance, the hypothesis or main argument, conceptual and methodological framework, expected results and up to 5 keywords. There are to be no biographical notes or references within the abstract which must be accompanied by a separate cover letter, for blind review purposes, only with the author(s) name(s), institutional affiliation(s) and postal and e-mail address(es).

Logistics
Deadlines

The deadline for the submission of abstracts is July 15, 2010.
You will be informed whether or not your abstract is accepted by September 15, 2010.
The deadline for full papers is October 31, 2010. The most outstanding papers delivered at the Congress will be considered for publication in the journal Prisma.com – http://prisma.cetac.up.pt/

Early registration deadline:

Registration Fees:
• Early Registration (September 30): General 30€; Papers authors 25€; students 10€; UPorto students 5€
• Late Registration (November 30): General 40€; Papers authors 35€; students 20€; UPorto students 5€

A organização do II Congresso Internacional de Ciberjornalismo,marcado para 09 e 10 de Dezembro de 2010 na Universidade do Porto, convida os investigadores interessados a remeter, até 15 de Julho, propostas de comunicações a apresentar no Congresso.

As comunicações deverão versar sobre Ciberjornalismo, com especial preferência pelos tópicos deste II Congresso:
– Modelos de negócio para o jornalismo na Internet
– Redes sociais e ciberjornalismo

As propostas devem ser enviadas para obciber@gmail.com, em Português, Espanhol ou Inglês. Cada proposta deve contemplar uma descrição de 400 a 500 palavras, que inclua, designadamente, o tópico e relevância do mesmo, hipótese ou argumento, moldura conceptual e metodológica, resultados previstos e até 5 palavras-chave. Cada proposta deve ser acompanhada de uma folha de rosto separada, para blind-review, apenas com nome(s), filiação institucional e endereços postal e electrónico do(s) autor(es).

As propostas serão avaliadas pelos membros da Comissão Científica do Congresso, devendo o resultado ser comunicado a todos os autores até 15 de Setembro.

Os autores das propostas aprovadas comprometem-se a enviar as comunicações completas até 31 de Outubro. As melhores comunicações serão publicadas na revista Prisma.com – http://prisma.cetac.up.pt/.

As taxas de inscrição são iguais às praticadas no I Congresso – http://cobciber.wordpress.com/inscricao/.

O Congresso é organizado pelo Observatório do Ciberjornalismo (ObCiber) e pelo Centro para as Ciências da Comunicação (C2COM) da Universidade do Porto.

O programa do Congresso, em preparação, incluirá intervenções, já confirmadas, dos Profs. Marcos Palacios (Universidade Federal da Bahía), Elvira García de Torres (Universidad Cardenal Herrera), João Canavilhas (Universidade da Beira Interior) e Helder Bastos (Universidade do Porto).

Switch Conference – 15th and 16th of May, 2010 at University of Coimbra, Portugal

It’s in Portugal and it’s worth spreading: the second Switch Conference is just in a couple of days and there are still some tickets available . If you don’t know what it is, here’s what it’s all about:

SWITCH is a 2-day conference to be held in the University of Coimbra, Portugal , on the 15th and 16th of May, 2010. We do want, however, to make SWITCH way more than a conference. We want to make it an authentic 2-day discovering experience. Attendees will get in touch with scientists, entrepreneurs, thinkers, do-er and everyone in between to share their knowledge, their experience and their ideias aiming to create awareness on scientific and technological matters, preparing us to a better defined future and a helthier society. We want and promote earth-shaking ideas, impossible breakthroughts and incredible life stories.

The conference will take place on a weekend to let those who are unable to leave work for the whole week to attend the conference sharing their experience and vision.

SWITCH will have a main room where presentations will fully run from day 1 to day 2, a second room where the startup competition and deep discussions will take place and, finally, outside areas when all sort of fun activities will take place and where partners and sponsors stands will be located.

SWITCH main theme will be “Web & Development” but our bet is on diversity. Diversity of cultures, ideas, discussions, persons and, of course, themes. You can find the full list of topics for this year’s conference here.

In the 2nd Room will take place the startup competition hosted by Webreakstuff. We want to act as a plattaform for networking, but also as as a way for you to meet with investors and to make your business project known by the crowd. The startup competition will sort out the best startups around and promote them with investors and media.

Grab your tickets while you can.

i de irremediável

…e não estou a falar do só do i. A troca de correspondência entre Martim Avillez Figueiredo e o Grupo Lena mostra a realidade da imprensa em Portugal: é só papel. Nem uma referência ao site, a investimento no digital, em multimédia. O i é um jornal e o site é (segundo ouvi dizer) o castigo para alguns jornalistas. Pelo que vi no programa da RTPN “Hora de Fecho”, o Grupo Lena vai aplicar algumas das resoluções que eu defendi assim que vi a primeira edição do i.

Eu pessoalmente não gosto da atitude editorial do i, que trazia por vezes mais curiosidades do que notícias (pelo menos era o que via no Facebook), mas respeito qualquer edição que tenha gente capaz e que consiga criar uma marca respeitada pelos seus pares internacionais. Todos os prémios que o i recebeu são merecidos, e não gosto de ver tanto potencial desperdiçado, numa redacção cheia de jovens jornalistas que vestiram a camisola de um projecto que sempre pareceu a muitos estar condenado desde o início.

E, repito, nem uma palavra sobre o investimento no online. Ter uma capa bonita nas bancas não chega, mas infelizmente é essa a maior preocupação da imprensa nacional.

Mais posts sobre o i em breve.