Poll: Does the card make the Journalist? | Sondagem: A Carteira faz o jornalista?

Carteira profissional, revalidada, chegou hoje
J card in Portugal | Um cartão profissional (do P.Jerónimo)

The card shown above belongs to a friend of mine, and it is the solid evidence that he is a journalist. But, does he need it? The card is given by a commitee, that works more like a club than like a professional association: there are standards to comply and we need sponsors to have one of these, to be working as a journalist and getting paid for the last year, and if we stop working we have to ask for it again.

Reality check: many journalists are working on their own and freelancing, or temporarily at news companies because the “industry” is going down the drain. I have a degree in journalism, what if i start my own news website? Will i be recognized by the commitee as a journalist? And why would i need that?

The question is: is this system any good? Yes,no,why?

The owner of this card pointed to this new website that wishes to tackle this issue.

O cartão acima é de um amigo meu, e é a prova concreta de que ele é jornalista. Mas, será que ele precisa? A carteira é atribuída por uma comissão, que funciona mais como um clube do que como uma associação profissional: há requisitos a cumprir, e precisamos de patrocinadores (padrinhos…), estar a trabalhar e ser pago há um ano, e se interrompermos a actividade, repetir a candidatura.

A realidade: muitos jornalistas estão a trabalhar por conta própria e como freelancers, ou temporariamente em empresas porque a “indústria” está ir pela pia abaixo.Tenho um curso de jornalismo, e se começar um meu próprio site de informação? Serei reconhecido pela comissão como jornalista? E porque preciso de o ser?

A questão é: será este sistema útil? Sim, não, porquê?

O dono deste cartão apontou para este site que pretende discutir este assunto.

Leave your answers and comments | Deixem as vossas respostas e comentários

[poll id=”2″]

One thought on “Poll: Does the card make the Journalist? | Sondagem: A Carteira faz o jornalista?”

  1. Definitivamente a legislação precisa ser revista. A realidade do jornalismo mudou muito. Tens os que se formam e os que não. Se pegamos nos primeiros, são cerca de 1500 novos por ano. Quantos podem, efectivamente, exercer de forma “permanente e remunerada”? A realidade já passa pela promoção do empreendorismo, como podes certamente partilhar, pela experiência que estás a viver, com o “Master”. Nesse caso, quem “certifica”?

    Outro exemplo, este “old”: fotojornalistas. Na sua maioria (também) são freelancers, porém, jornalistas!

    O http://jornalistas.com é mais um local que coloca questões sobre esta matéria. Como diz Rosental Alves, noutro contexto, não se pode ficar – media – alheio (ver http://www.jornalices.com/?p=629).

Leave a Reply